• Grupo SG

Fusões & Aquisições: a operação essencial para o sucesso da sua empresa

Atualizado: Ago 3


“Vigor compra Itambé por R$ 410 milhões”, “Itaú compra Credicard por R$ 2,97 bilhões”, “Facebook adquire Instagram por um bilhão de dólares”.


- Notícias com esse tipo de informação estão entre as que mais chamam a atenção na mídia empresarial. Toda vez que você se deparou com uma matéria deste tipo, você leu sobre uma operação de Fusões & Aquisições (F&A).


As operações de F&A contemplam diferentes tipos de negociações que envolvem duas ou mais empresas. Uma fusão é uma operação econômica onde duas ou mais empresas se juntam, deixando de existir isoladamente, e formam uma nova empresa.


Já uma operação de aquisição ocorre, basicamente, quando uma empresa compra outra. Mas estas são somente percepções superficiais de F&A, uma vez que, a depender da complexidade e das razões que levam um negócio a decidir por realizar uma operação desse tipo, pode-se optar por diferentes modalidades, sendo as mais comuns:


  • Aquisição de posição controladora - quando uma empresa maior compra e passa a controlar uma empresa de menor dimensão;

  • Aquisição de posição não controladora - quando uma empresa maior compra participação parcial de uma empresa de menor dimensão;

  • Joint Venture - quando duas ou mais empresas criam uma nova empresa, mas os sócios continuam a existir como operações independentes;

  • Incorporação - ocorre quando uma empresa absorve as operações de outra, que deixa de existir;

  • Cisão - ocorre quando uma empresa é dividida para o surgimento de outras.


Nós da SG Capital temos o objetivo de criar um consistente mercado de Fusões & Aquisições (F&A) no Nordeste, principalmente no que se refere à modalidade de compra e venda de empresas.


Nosso objetivo é mostrar ao empresário que não é preciso ser uma empresa do porte do Facebook para se beneficiar desse tipo de estratégia. Apesar de comumente utilizada pelas grandes empresas e multinacionais, as operações de F&A também podem trazer grandes resultados para negócios de pequeno e médio porte.



Mas, afinal, quais são as razões que levam uma empresa a comprar outra?


Operações bem-sucedidas de aquisição de empresas tendem a ter um caráter estratégico e costumam representar uma maneira mais ágil para o negócio crescer, entrar em novos mercados e aproveitar oportunidades de investimentos.


Conquistar economias de escala, aumentar poder de participação de mercado ou aproveitar regimes tributários mais benéficos são alguns dos benefícios que uma operação de aquisição pode trazer para a empresa. Veja a seguir quais são as principais características estratégicas de diferentes tipos de aquisições:


  • Aquisição Horizontal - É a aquisição entre empresas, geralmente concorrentes que atuam no mesmo setor, e que atinge diretamente o objetivo de aumento de participação de mercado;

  • Aquisição Vertical - É o processo de aquisição entre empresas que se encontram em etapas diferentes de uma mesma cadeia produtiva. Por exemplo, uma empresa adquirindo um dos seus fornecedores e obtendo assim ganhos significativos de competitividade.

  • Aquisição Concêntrica - Aquisições que acontecem quando a empresa adquire outro negócio que tem alguma sinergia de produto, comercial ou tecnológica, mas não são do mesmo ramo de atividade.

  • Conglomerado - É o tipo de aquisição que envolve a compra de uma empresa de um setor totalmente diferente e que objetiva a diversificação dos negócios da empresa compradora.


E o que levaria um empresário a decidir por vender a sua empresa?


Existem diversas razões para a venda parcial ou total da empresa ser a melhor decisão para um empreendedor. Uma definição que também consideramos muito útil foi dada pelo empresário Flávio Augusto, fundador da Wise Up.


Ele considera que o auge do sucesso do empresário é justamente quando ele vende o seu negócio de sucesso, pois isso significa que ele gerou valor ao ponto de outras empresas desejarem adquiri-la e antecipar em dinheiro para o empreendedor o valor que a empresa dele poderia gerar no futuro.



Flávio Augusto complementa essa noção utilizando o setor imobiliário como analogia, ao afirmar que o que define o sucesso da construtora não é construir o prédio, mas sim obter sucesso na venda dos apartamentos ou das unidades que compõem o imóvel.


Foi utilizando esta linha de raciocínio que ele realizou a venda da Wise Up por R$ 877 milhões, em 2013, para a Abril Educação. Conheça abaixo as principais razões que levam o empresário a decidir pela venda do negócio:


  • Solucionar uma falta de sucessão (Venda total): Não raro, após anos de desenvolvimento do negócio, o empreendedor não encontra um nome viável para continuar conduzindo a empresa em seu lugar. Neste cenário, vender a empresa para um comprador estratégico é a melhor saída.

  • Receber novo sócio com expertise específica (Venda parcial): A entrada de uma nova empresa ou sócio na sociedade, que compreenda do mercado de atuação, pode representar uma grande oportunidade de crescimento. Outro caso seria uma empresa familiar que precisa de melhorias em sua governança corporativa e profissionalização, após atingir certo patamar de crescimento. A venda de participação para algum fundo de private equity pode ser uma das soluções a ser considerada.

  • Liquidez para os acionistas: Seja por uma situação de stress financeiro, que obriga o empresário a vender o seu negócio, ou seja simplesmente pela vontade de transformar aquela empresa em dinheiro.


Em pesquisa realizada com empresas do Vale do Silício, foi constatado que o principal objetivo das startups é ser adquirida por outra empresa, estando inclusive acima da abertura de capital em bolsa de valores, evidenciando assim a ideia da venda do negócio como uma realização de sucesso.


Ficou interessado em fazer sua empresa crescer por meio de uma aquisição estratégica ou está pensando em vender o seu negócio? Cadastre-se em nosso site ou fale conosco através do e-mail contato@sgcapital.com.br e conte com assessoria especializada durante todo processo: começando com a avaliação da empresa, contato com possíveis compradores e negociações até o fechamento da operação.


Nossa equipe é composta por especialistas do mercado financeiro, consultoria empresarial e advocacia com o conhecimento e o network necessário para que sua operação seja bem sucedida.


@ 2019 SG Capital. Todos os direitos reservados. contato@sgcapital.com.br
Av. Dr. Antônio Gomes de Barros, 625  The Square Park Office - Sala 712 - Jatiúca, Maceió - AL, 57036-001